gerb ministry
Russian
Русский
English
English
French
Français
Spanish
Español
German
Deutsch
Italian
Italiano
Portuguese
Português
український
Україн
Kazakh
Қазақша
Chinese
中文
Arabic
ﺔﻴﺑﺮﻌﻟا
Mongolian
Mонгол
Vietnamese
Tiếng Việt
Moldavian
Moldov
Romanian
Română
Türkçe
Türkçe
Главная страница О проекте Карта портала Полезные ссылки Авторизация

Perguntas Frequentes (FAQ)

O que é a faculdade preparatória e para que serve?

A faculdade preparatória é um programa de formação especial com a duração de um ano académico (7-10 meses). Na faculdade preparatória os estudantes aprendem a língua russa e as disciplinas especiais. As disciplinas dependem da escolha da futura profissão (matemática, física, química, biologia, ciências informáticas, geografia, história e literatura). Após a conclusão da faculdade preparatória os estudantes são sujeitos ao exame. Em caso de conclusão satisfatória com aproveitamento no exame, o estudante recebe o Certificado de conclusão da faculdade preparatória que lhe dá direito de entrar em qualquer faculdade da Rússia sem exame de acesso.

Se o estudante optar pelo ensino nas línguas inglesa ou francesa (só para especialidades médicas) não tem necessidade de frequentar a faculdade preparatória, acede diretamente ao primeiro ano do curso. O ensino na faculdade preparatória começa no dia 1 de Outubro. Cada grupo é composto por 6-8 estudantes.

É difícil estudar na faculdade preparatória?

O programa da faculdade preparatória está preparado para um nível normal de dificuldade. O estudante que frequenta todas as aulas, que cumpre as tarefas práticas e faz os trabalhos de casa, por norma não tem qualquer dificuldade aquando da frequência da faculdade. Se o estudante não consegue cumprir e terminar a faculdade preparatória, poderá repetir o ano na mesma ou em qualquer outra universidade no próximo ano letivo. Mas terá de pagar novamente pelo curso.

Como receber o convite para estudar na Rússia?

O convite para estudar é um documento oficial que é preparado pelo departamento de serviços de vistos e passaportes do MAI da Federação Russa. O mesmo confirma que o estudante é admitido na determinada universidade. No convite constam os dados pessoais do estudante, assim como o nome completo da Universidade. Este documento é apresentado da Embaixada da Rússia para receber o visto no passaporte.
No geral, a preparação do convite demora cerca de 45 dias. Este convite é válido durante 90 dias desde a data de emissão. Durante a vigência do mesmo é necessário apresentar o pedido de visto à embaixada russa.

O que é cartão de migração?

O cartão de migração é um documento que comprova que o estudante passou legalmente a fronteira da Federação Russa. O cartão é necessário para posterior registo do estudante e, consequentemente, é um documento muito importante. Sem o cartão de migração não é possível efetuar o registo no território da Federação Russa e o estudante pode ser deportado para o seu país de origem. O cartão de migração é entregue pelos funcionários da empresa de aviação (ferroviária) pela altura do voo (viagem). Para além disso, os impressos podem ser obtidos antes do controlo fronteiriço no aeroporto ou, se o estudante optar por outro meio de transporte, antes de passagem na fronteira da Federação Russa. O cartão é composto pelas 2 partes idênticas (A e B) que é necessário preencher. O cartão preenchido é apresentado ao funcionário do posto fronteiriço (para passageiros em trânsito - ao funcionário dos serviços de imigração) que confirmará os dados, porá o carimbo da data de passagem pela fronteira e introduzirá os dados na base de dados eletrónica. Antes de abandonar a zona de controlo é importante verificar se tem consigo a parte do cartão de imigração, onde consta a data de entrada. É imprescindível guardar o cartão até a saída da Federação Russa.

O que é o registo?

O registo permite ao estudante estrangeiro permanecer no território da Federação Russa durante o período da vigência do mesmo. Por norma o registo é de um ano. A prorrogação do registo deve ser feita anualmente com 2 a 3 semanas antes do termo do prazo de vigência.

À chegada da universidade o estudante deve apresentar os documentos necessários para o registo no prazo de 3 dias, incluindo o dia de chegada. O registo demorará cerca de 10-15 dias a ser feito. Ao departamento competente é apresentado o original do passaporte do estudante. O carimbo de registo é posto no cartão de migração, onde constará também a morada de residência universitária do estudante. Para o registo é necessário que o passaporte tenha a validade de pelo menos 2 anos. É aconselhável a renovação do passaporte para o prazo total de estudo na Federação Russa antes da viagem.

Quanta bagagem é permitida?

Não havendo limite da bagagem a trazer de casa, no entanto o estudante deverá saber que o limite imposto pelas companhias aéreas é de 20-25 kg de bagagem grátis. Qualquer excesso de peso poderá custar bastante dinheiro. É recomendado trazer as coisas mais importantes que, ao seu ver, não possam ser adquiridos na Rússia. Todo o resto deverá ser adquirido no local de chegada. É recomendado trazer a roupa quente: sobretudo, gorro, luvas, cachecol, etc, assim como os produtos de higiene pessoal. Para viagem no mês de  Setembro-Outubro é aconselhável trazer um casaco leve, calças de ganga, botas desportivas. Em Novembro já será necessário um sobretudo muito quente, camisola, calças quentes, botas e gorro e luvas.

Quando começam as férias nas universidades russas?

Na faculdade preparatória o programa não é dividido por semestres, desta forma as férias de Natal não são previstas. No final de Janeiro os estudantes que passarem com aproveitamento em todos os testes podem descansar uma semana. Os estudantes que têm testes em atraso têm de tentar passar novamente nos mesmos. As férias de verão são 2 meses: de 1 de Julho a 31 de Agosto.

Quanto aos programas de ensino superior (6 anos) as férias de Inverno têm duração de 2 semanas ( a última semana de Janeiro - primeira de Fevereiro). As férias de Verão são as mesmas que na faculdade preparatória  - de 1 de Julho a 31 de Agosto de cada ano.

Quando o estudante estrangeiro tem de sair da Rússia quando tem um visto de saída?

Se o estudante recebe o visto de saída, deverá sair da Rússia no prazo de quinze dias após a emissão do mesmo. Em caso de não cumprimento podem ser usados meios como multas, detenção, deportação. A decisão sobre deportação é tomada pelo tribunal especial. Em caso de deportação do cidadão estrangeiro vai lhe ser negada a entrada na Rússia nos próximos cinco anos. Aconselhamos vivamente aos nossos estudantes cumprir com as exigências dos serviços de imigração.

Podemos estudar e trabalhar ao mesmo tempo?

A formação russa em geral é vista como uma formação de maior qualidade no mundo. É dedicado muito tempo aos conhecimentos teóricos do estudante e aos conhecimentos práticos extensivos. Esses conhecimentos permitirão ao estudante encontrar um emprego bem remunerado e subir rapidamente na carreira logo após a conclusão de formação.

Os estudantes das universidades russas têm de frequentar todas as aulas, já que só os conhecimentos nelas adquiridas permitem aos estudantes serem profissionais capazes e eficientes.

Desta forma existe a possibilidade de trabalhar, mas só após as aulas, nas férias ou nos fins de semana. Primeiramente têm de conhecer o país, aprender a sua língua. Quando for estudante do terceiro ano poderá trabalhar, mas só se tiver aproveitamento e frequentar todas as aulas.

Documentos que o estudante estrangeiro deve apresentar para admissão numa universidade russa:
Original do Certificado de Habilitações com Anexo (transcrito) com todas as disciplinas frequentadas pelo requerente na escola, assim como as notas obtidas nas mesmas.
O Certificado e a transcrição devem ser legalizados em conformidade com as seguintes exigências.

     - deve conter o carimbo do Ministério de Negócios Estrangeiros/Ministério de Educação do país emissor do Certificado
    - o carimbo da Embaixada da Rússia do mesmo país.

Após a chegada na Rússia o estudante deve:

    - fazer a tradução notarial do Certificado de Habilitações com a transcrição;

     - fazer 2 cópias do autenticadas notarialmente do Certificado de Habilitações com a transcrição apensa.

Para ingressar na universidade o estudante deve ter o passaporte com o visto de estudante, a Certidão legalizada de Habilitações com a transcrição (como indicado em cima), cartão de migração (é emitido antes de controlo fronteiriço) atestado médico, atestado que certifica a ausência da SIDA, 12 fotografias a preto e branco mate, tamanho 3x4cm.

Durante o primeiro ano de estudo o estudante deve fazer o reconhecimento do seu Certificado de Habilitações pelo Ministério de Educação e da Ciência da Federação Russa e receber o certificado de equivalência. Para receber o certificado de equivalência o estudante deve apresentar os documentos necessários (original do Certificado de Habilitações e a sua tradução notarial, 2 cópias autenticadas da mesma Certidão com a respetiva tradução) ao Ministério de Educação e Ciência da Federação Russa, pessoalmente ou através dos guichés especializados que existem em várias cidades russas. O período de elaboração do parecer pelo Ministério é de 1 a 6 meses. O custo do processo varia entre 100 a 120 dólares EUA (USD).
Aqui pode ler gratuitamente toda a informação que é necessária e que ajuda no bom resultado do processo. Este procedimento é estandardizado na grande parte dos países, incluindo os 45 Estados europeus que assinaram a Convenção de Lisboa para reconhecimento de documentos de educação/formação. A Rússia aderia à Convenção em 2003.

Os prazos para apresentar a candidatura numa universidade russa

Os requerimentos para estudar nas universidades russas são recolhidos anualmente de 1 de Maio a 15 de Outubro. Como o número de vagas (quotas) para estudantes estrangeiros está limitado, aqueles que entregaram os requerimentos primeiro e trataram de toda a documentação, têm possibilidades mais altas para ingressar numa universidade. Após a verificação dos documentos a universidade confirma oficialmente a admissão ao requerente (faz uma reserva académica). Depois disso o estudante tem de seguir todas as trâmites para receber o convite oficial para estudar na Rússia, de acordo com as exigências com os documentos de habilitação e os prazos de entrada. O Departamento Federal de Imigração necessita de cerca de 30 a 60 dias para emitir ao estudante estrangeiro uma carta oficial com convite.

Os prazos de pagamento das propinas nas universidades russas

Os requerentes devem efetuar o pagamento integral (100%) antecipado do primeiro ano de estudo, assim como de alojamento e do seguro de vida e saúde. Se as condições financeiras e os prazos de pagamento não forem respeitados o requerente não será convidado para universidade por ele escolhida. O pagamento parcial pode levar também a problemas com receção do visto de estudante na embaixada no país de origem. Nos seguintes 2-6 anos de estudo o estudante deve efetuar o pagamento até ao dia 1 de Setembro, ou seja, até ao início do ano letivo. É permitido efetuar o pagamento do 2-6 anos de estudo (excetuando o primeiro!) em duas vezes: 70% do valor anual (até 1 de Setembro) e 30% do  valor pelo segundo semestre (até 1 de Fevereiro). O não cumprimento dos prazos pode levar desde a suspensão das aulas à expulsão da universidade. Como consequência, o registo no território da Federação Russa não poderá ser feito o que levará a uma multa de 350 USD e deportação da Rússia pela decisão do Tribunal. É impertinente efetuar o pagamento das propinas dentro do prazo e prorrogar atempadamente o registo oficial no território da Federação Russa, já que poderão surgir problemas que terão de ser resolvidos com recurso a órgãos judiciais e executivos do país. Todos os pagamentos, incluindo o pagamento das propinas que são feitos no território da Federação Russa são efetuados em rublos - a unidade oficial da federação Russa.
De acordo com regras em vigor o valor da propina consta no contrato em unidades de conta ou em rublos. As unidades de conta diferem de instituição para instituição, desta forma a unidade de conta pode ser igual a:

    - um euro, de acordo com a taxa de câmbio oficial definida pelo Banco Central da Federação Russa em dia do pagamento;

    - um dólar EUA de acordo com a taxa de câmbio oficial definida pelo Banco Central da Federação Russa em dia do pagamento;

    - ou a um valor em rublos determinado pela universidade.

Como várias universidades praticam formas diferentes de pagamento, o estudante deve, atempadamente, solicitar a forma de pagamento em divisa preferencial. O pagamento pode ser efetuado no país de origem do estudante mediante a transferência bancária em dólares EUA ou em euros.

Aquando da chegada à Rússia o estudante pode abrir uma conta bancária em qualquer banco russo para execução de operações bancárias, apresentando para o efeito o passaporte com registo no território da Rússia. O valor da propina poderá ser, em raras ocasiões, alterado, já que a universidade não é responsável pela alta inflação, a queda do dólar ou do euro aquando do câmbio ou da alteração do custo mundial dos recursos energéticos e outras alterações de força maior.

O seguro de vida e de saúde

Os seguros de vida e de saúde são obrigatórios para qualquer cidadão estrangeiro que vem estudar para a Rússia. O valor do seguro situa-se entre 105 e 250 dólares e depende do programa de seguro escolhido. O número de telefone da seguradora e o número de Emergência médica constam na apólice que o estudante deve trazer sempre consigo. Todas as universidades possuem o gabinete médico e de primeiros socorros.

Alojamento e alimentação

Todos os estudantes russos ou estrangeiros são alojados nos quartos para 2-3 pessoas em residências universitárias, de acordo com as normas sanitárias em vigor na Federação Russa. Os quartos são equipados com a mobília e roupas de cama necessários. O estudante pode adquirir alguns utensílios tais como pratos, equipamentos elétricos etc, com o seu dinheiro.

No inverno todos os quartos das residências são aquecidos. A temperatura média é de +22º C.

Quase todas as residências universitárias têm cafeteria, sala de ginástica, salas de estudo, lavandarias, cabines telefônicas para chamadas de longa distância, gabinetes médicos e Internet-Centres.

Existem casas de banho com água quente e fria em todos os andares da residência. Ao contrário de muitos países europeus, em cada piso das residências universitárias russas existe uma cozinha, onde poderá fazer a sua comida de acordo com o gosto individual. Existe uma tradição de convidar os colegas para partilhar o seu jantar de cozinha nacional: europeia, árabe, asiática, africana ou latino-americana. O vasto leque e mais variados alimentos de todo o mundo que poderá encontrar nos supermercados, permite aos cidadãos estrangeiros uma oportunidade exclusiva de manter o mesmo tipo de alimentação a que estavam habituados em casa. É uma excelente oportunidade para os estudantes aprenderem a cozinhar. O estudante é responsável por manter a limpeza do seu quarto. Os funcionários da limpeza zelam pela limpeza dos espaços comuns (corredores, hall, cozinhas e casas de banho).

O estudante é totalmente responsável pela perda ou inutilização de qualquer equipamento universitário que lhe foi conferido para a sua utilização.

O estudante deverá manter a limpeza e o asseio da residência, assim como respeitar os interesses dos seus vizinhos. De noite deverá ser mantido o silêncio. Independentemente dos seus rendimentos, nacionalidade, estatuto ou estrato social, o estudante vive na residência como numa grande família multinacional.

O valore médio mensal numa residência poderá variar entre 30 a 60 dólares EUA, dependendo da cidade e da universidade.

O estudante que vem pela primeira vez para a Rússia, não sabe de antemão quem será o seu colega de quarto. Mas se o colega for de um país diferente, este será mais um motivo para praticar a língua russa. Todavia, na existência de vagas, a administração da residência poderá estudar a possibilidade de oferecer ao estudante lugar num outro quarto ou, com um pagamento adicional, um quarto só para ele.

O custo de alojamento pode variar com a subida de preços de recursos energéticos (gás, água quente e fria, energia elétrica). A justificação para estes aumentos está nas mudanças de situação no mercado global de recursos energéticos e não na universidade. A Rússia é um dos Estados-líderes que fornece os recursos energéticos para todo o mundo. Ela detém uma dos maiores reservas mundiais de recursos naturais, pelo que as mudanças no custo de alojamento são geralmente pequenas.

 O estudante que vem pela primeira vez para a Rússia deve ter consigo cerca de 500 dólares americanos para a compra de roupa, louça, equipamento elétricos, entre outros.

Os gastos médios com alimentação são cerca de 120-150 USD mensais, excluindo Moscovo, onde terá de gastar cerca de 200. Os estudantes podem frequentar cantinas universitárias ou preparar a sua comida nas cozinhas das residências.

 A Segurança

A segurança pública na Rússia é fornecida pelo serviço estatal de segurança pública - a milícia (polícia). A milícia é responsável pela segurança dos cidadãos russos e estrangeiros no território do país.

Uma atenção especial é dedicada à segurança dos estudantes estrangeiros. Todos os edifícios das universidades são protegidos permanentemente pelos departamentos internos de seguranças ou pelos guardas das empresas de segurança privadas.

Todas as entradas na universidade são protegidos pelos serviços de segurança. Para aceder à universidade é necessário apresentar o cartão que permite o acesso. Os estudantes recebem os seus cartões quando ingressam na universidade. A entrada na residência está aberta das 06 da manhã à meia-noite. A permanência das visitas é permitida das 16-00 às 23-00. Os visitantes devem apresentar o documento de identificação. Esta regra aplica-se a todo o território da Rússia.

Os cidadãos estrangeiros devem fazer-se acompanhar sempre pelo seu passaporte e o cartão de migração. Os estudantes devem respeitar a lei, as tradições e costumes da Rússia, assim como cumprir as leis da segurança pessoal, como em qualquer país do mundo.

Os cidadãos estrangeiros são iguais aos cidadãos russos no que toca a responsabilidade criminal ou administrativa pelos atos praticados no território da Federação Russa. É destacado um funcionário para instruir os estudantes recém-chegados em algumas regras que regulamentam a vida na Rússia, normas de comportamento, a responsabilidade legal e meios de segurança.

Qualquer indivíduo que necessite de ajuda relativa à segurança pode recorrer ao agente da milícia (polícia) cujo trabalho e responsabilidade consiste na ajuda em situações críticas.

Em caso de situação crítica ligue o número "01" (milícia, emergência médica, bombeiros) de qualquer sítio da Rússia. A chamada é gratuita.

Quais são as razões pelas quais o estudante pode ser expulso da Universidade?

  • Pela vontade própria, assim como pela transferência para outra universidade.
  • Pelo estado de saúde, com base no atestado médico.
  • Pelo insucesso académico.

Pelo insucesso acidémico são expulsos estudantes que:

  • Reprovem em várias disciplinas no mesmo semestre
  • Reprovem em disciplinas atrasadas dentro dos prazos estipulados
  • Recebam a nota negativa em recurso da mesma disciplina
  • Por violação de disciplina ou de regulamentos internos
  • Se for considerado culpado do crime
  • Por violação das cláusulas contratuais

O estudante tem direito a ser readmitido na Universidade?

O estudante tem direito à readmissão durante vários anos (a número de anos é estipulado pelos Estatutos da Universidade) após a saída por vontade própria ou por motivos justificados, com a possibilidade de manter a mesma forma de frequência (gratuita ou paga) que anteriormente, na existência de vagas.

Em que casos pode ser concedida a licença de ausência?

Pela prescrição médica (diminuição da capacidade de trabalho devido à alteração das funções do organismo em consequência de doença prolongada (mais de 2 meses) ou doenças frequentes com necessidade de tratamento prolongado).

É necessário um atestado do centro de saúde da cidade.

Casos excecionais:

  • Catástrofes naturais
  • Situação familiar (por exemplo, a necessidade de cuidar de um familiar doente).

O estudante estrangeiro tem de registar o seu visto?

Terá de registar o seu visto no prazo de 72 horas após a chegada. A Universidade (o departamento internacional) é responsável pelo registo. Terá de entregar o seu passaporte e 2 fotos ao departamento internacional.

Quanto dinheiro tem de trazer o estudante estrangeiro?

A alimentação é relativamente barata nas cidades pequenas, comparativamente às grandes.

Numa refeição normal no refeitório ou cafeteria bastam 2-3 dólares. Poderá precisar de algum dinheiro para outro tipo de despesas, como excursões, prendas ou lago mais. Pode poupar dinheiro e levar consigo a mala cheia de souvenirs russos. Os principais cartões de crédito (VISA, MC, AMEX, DinersClub, etc) são aceites em lojas, restaurantes, bares e discotecas nas grandes cidades russas.

Onde trocar dinheiro?

Existem muitos pontos de câmbio, mas para efetuar o mesmo terá de apresentar o documento de identificação. Para evitar dificuldades e problemas jurídicos, não troque dinheiro na rua (nos privados) - existem várias divisas que foram emitidas ao longo dos últimos anos e poderá ser facilmente enganado.

Como é que os pais de um estudante estrangeiro podem enviar-lhe o dinheiro para as despesas?

Os pais podem mandar dinheiro para a conta bancária do estudante na Rússia por transferência. Recomendamos abrir a conta logo após a conclusão do processo de registo. Isso levara cerca de 10-15 dias. Para a abertura da conta bastam 5 USD.

É necessário ter sempre a documentação comigo?

Aconselhamos ter sempre a documentação junto a si. Deverá apresentar o passaporte e o visto para trocar dinheiro, comprar o bilhete de comboio, reservar o hotel ou para outras situações.

A quem devo recorrer se tiver problemas?

Pode telefonar ou dirigir-se pessoalmente ao departamento internacional. Para além disso, a lista com telefones da universidade e do corpo docente ser-lhe-á entregue na chegada. Pode usá-la quendo lhe convier.

E se o estudante adoecer?

Em primeiro lugar tem de contactar o departamento internacional que lhe vai ajudar com o problema. Receberá o tratamento médico gratuito se tiver o seguro de saúde. Caso contrário terá de pagar pelo serviço prestado.

Como posso telefonar para outro país e pagar pouco?

A forma mais económica é visitar o chamado "ponto de comunicação" (peregovorni punkt) que pode encontra em qualquer cidade. Normalmente este situa-se nas instalações dos correios. Pode também comprar o cartão de chamadas nos correios. O cartão pode ser usado em qualquer telefone público pago da cidade.

Para qualquer uso dos conteúdos do Sítio é obrigatório criar uma hiperligação com a fonte
Todos os direitos reservados
TML-código da ligação:
<a href="">Perguntas Frequentes (FAQ)</a>
Pesquísa


É importante (Informações importantes)
Links
Novidades (Novo)
Интерактивная карта образовательных организаций (учреждений), проводящих государственное тестирование по русскому языку как иностранному

Интерактивная карта образовательных учреждений Российской Федерации, осуществляющих довузовскую подготовку иностранных граждан на бюджетной основе

© 2013 O Ministério da Educação e Ciência da Federação Russa
Os conteúdos deste sítio podem ser utilizados desde que o sítio «Ensino na Rússia para os cidadãos estrangeiros» seja expressamente mencionado como fonte da informação. Tambem é obrigatório notificar o administrador do Sítio