gerb ministry
Russian
Русский
English
English
French
Français
Spanish
Español
German
Deutsch
Italian
Italiano
Portuguese
Português
український
Україн
Kazakh
Қазақша
Chinese
中文
Arabic
ﺔﻴﺑﺮﻌﻟا
Mongolian
Mонгол
Vietnamese
Tiếng Việt
Moldavian
Moldov
Romanian
Română
Türkçe
Türkçe
Главная страница О проекте Карта портала Полезные ссылки Авторизация

Exigências com o nível de preparação dos cidadãos estrangeiros que ingressam nos estabelecimentos de ensino superior e profissional da Rússia

Hoje em dia utiliza-se o conceito de condições académicas de acesso dos cidadãos estrangeiros aos estabelecimentos de ensino superior (institutos, universidades e academias) e secundário (escolas profissionais). Desta forma, as condições académicas de acesso são a possibilidade de utilizar os conhecimentos existentes, competências e habilidades sem necessidade de provar os seus conhecimentos com os testes, exames e entrevistas. As condições académicas de acesso são determinadas pelas leis normativas e baseiam-se na avaliação formal dos documentos de formação do requerente.

Esta abordagem permite considerar os pedidos dos candidatos que residem fora da FR e dominem pouco a língua russa mas que desejem estudar cá e, tomar, numa fase preliminar, a decisão ponderada sobre a possibilidade ou impossibilidade do jovem continuar a sua formação na Rússia.

O processo da tomada de decisão da admissão do candidato com base nas condições académicas de acesso está estreitamente ligado ao processo de reconhecimento e equivalência de documentos de formação. Os princípios orientadores das condições académicas de acesso são:

  • A ausência de qualquer discriminação, sexo, raça, cor de pele, deficiência, língua, religião, crenças políticas ou de outra ordem, minorias étnicas ou nacionais, origem social, status ou posição financeira do candidato. A avaliação das condições académicas de acesso tem de ser feita, exclusivamente, com base nas competências, conhecimentos e habilidades adquiridos pela pessoa.
  • A avaliação de competências, conhecimentos e habilidades adquiridos é feita através de:
    • a análise de atos normativos e jurídicos, incluindo os acordos internacionais correspondentes, prática internacional e recomendações internacionais;
    • a avaliação das condições académicas de acesso que são propostos no país emissor de documento.

O princípio internacionalmente reconhecido é o de assegurar que o candidato tenha os mesmos, ou muito semelhantes, direitos académicos que têm os candidatos com qualificação equivalente que conste no documento de formação emitido na Rússia. A prática internacional comum é a incapacidade de conferir ao candidato maiores direitos académicos que no país que lhe emitiu o documento.

Pode aceder à lista de documentos de habilitação e qualificações que são recomendados para a consideração das condições académicas de acesso aos institutos universidades, academias, escolas profissionais e faculdades na seção "Informações metodológicas: as condições académicas de acesso " do nosso site. A base desta lista são os acordos internacionais e recomendações internacionais que pode encontrar na seção "Acordos sobre equivalência de documentos de formação, onde poderá facilmente orientar-se pelos países que são apresentados pela ordem alfabética.

Em segundo lugar a lista é baseada também nos documentos oficiais russos em vigor.

O terceiro pilar da seleção são os resultados de comparação de materiais normativos com análise do sistema pré-universitário em vigor naqueles países.

Para além do documento de habilitação as condições académicas de acesso podem incluir requisitos para a classificação mínima ou média, a necessidade de apresentação de dois ou mais documentos sobre a educação, limitação do número de programas disponíveis, etc. Em cada caso concreto o "anfitrião" deve partir do conteúdo dos atos normativos e do volume de condições académicas de acesso que recebem os detentores de documentos análogos no país onde ele é emitido.

Chamamos à vossa atenção para o facto que os "atos normativos" são sobretudo os textos de acordos internacionais com o país que emitiu o documento (seção "Acordos sobre equivalência de documentos de formação") Pode obter a informação mais detalhada sobre as condições académicas de acesso na seção "Sistemas educativos de vários países".

Desta forma são tidos em conta as disposições da Lei da Federação Russa "Sobre a educação" dos quais resulta que o acesso aos programas de formação superior e profissional têm os indivíduos detentores de documentos de formação secundária (completa) ou equivalente; os indivíduos detentores de documentos comprovantes de formação básica (ou equivalente) só têm acesso aos programas de formação profissional. Temos de referir que a maioria absoluta dos programas de formação profissional na Rússia se realiza com base nos programas de formação secundária completa.

Para qualquer uso dos conteúdos do Sítio é obrigatório criar uma hiperligação com a fonte
Todos os direitos reservados
TML-código da ligação:
<a href="">Exigências com o nível de preparação dos cidadãos estrangeiros que ingressam nos estabelecimentos de ensino superior e profissional da Rússia</a>
Pesquísa


É importante (Informações importantes)
Links
Novidades (Novo)
Интерактивная карта образовательных организаций (учреждений), проводящих государственное тестирование по русскому языку как иностранному

Интерактивная карта образовательных учреждений Российской Федерации, осуществляющих довузовскую подготовку иностранных граждан на бюджетной основе

© 2013 O Ministério da Educação e Ciência da Federação Russa
Os conteúdos deste sítio podem ser utilizados desde que o sítio «Ensino na Rússia para os cidadãos estrangeiros» seja expressamente mencionado como fonte da informação. Tambem é obrigatório notificar o administrador do Sítio